Convite com renda usando papel doily

Seguindo o padrão faça você mesma (diy) que eu amo e mantendo o estilo rendado que os centrinhos de mesa de crochê representam que tal mais um toque de renda pro casamento, de cara no convite.

Uma pesquisa no google nos traz muitas sugestões e aqui estão algumas que eu selecionei de convites ou envelopinhos feitos com papel doily, uma toalhinha rendada de papel que costumava ser utilizada para forrar bandejas e logo todo mundo que tem muita imaginação arranjou um monte de outros usos pra elas.

Eu já fiz dois testes (estão na última fotinho), mas ainda não fiquei satisfeita, porque o envelopinho é muito mole. Nesse link aqui tem um como se faz e nesse aqui também. Então resolvi tentar juntar os dois e fazer o meu.

01 6fd6efc2bc6a80a7e4086fc4e929dbc0 8a056f7048e978b63468657ad8511ab0 8355d7521ec24498ad0f4fed64557281 4594405663257afba33b0f4a21540f92 ba3e915407d7ec5be1e7d6cf52fc88ce paper-doily-envelope-e1286986283355
il_fullxfull.67671703

2013-07-21 22.49.08

Tutorial da saia longa liberty

A Viviana me pediu, já faz um tempinho, pra postar o molde/tutorial da saia longa liberty que aparece nesse look aqui e nesse aqui.

Confesso que fiz como eu imaginava que daria certo. Até procurei na net moldes de saia evasê, mas achei complexo demais para o que eu queria.

Então fiz da seguinte forma: comprei 1,20m de tricoline para o comprimento da saia [eu sou pequena, então 1,20 dá muito bem para o comprimento e ainda fazer cós e barra] e o 1,40m, da altura do tecido, pra servir a largura da saia.

Como não pretendia colocar zíper, somente elástico, tive que me certificar de que a largura máxima do cós da saia passaria pelo meu quadril [sim, já fiz uma saia que tenho que vestir que nem blusinha porque não tive essa preocupação].

Comecei dobrando o tecido ao meio na maior medida [no meu caso, 1,40m]; a partir do centro, na parte superior, marquei 1/4 da medida do meu quadril [1/4 Q] pra cada lado. A partir dessa marca abri o traço na diagonal, o máximo possível em direção à extremidade inferior do tecido, porém, ao invés de descer apenas uma linha na diagonal, você poderia abrir mais rápido até a extremidade do retângulo e então, a partir daí descer uma linha reta, atentando para que a transição entre a diagonal e a vertical fique o mais sutil possível.

Sugiro que você faça todos os traços apenas em um dos lados do retângulo dobrando ao meio [0,35 m x 1,20 m, no meu caso] e cortando os dois/quatro lados de uma única vez, pra não correr o risco do lado direito ficar diferente do esquerdo, a frente diferente das costas. Digo isso porque não fiz um molde antes, eu já risquei direto no tecido.

Costurei tudo pelo avesso, primeiro a parte da frente na de trás, passando uma costura em zig-zag pra facilitar o acabamento. Depois preparei o cós para passar o elástico e, por último, fiz a barra.

Sem segredos, certo!? Só espero que tenha conseguido explicar direito.

Se você for maior que eu [é muito provável que você seja maior que eu], você pode usar a altura do tecido [1,40 m] para o comprimento da saia e comprar, em metros, o quanto julgar necessário para deixar a saia com uma abertura maior, pois da forma que eu fiz, a minha passada fica limitada a 70 cm.

tutorialSinto muito pela [não] qualidade do desenho, mas fiz no AutoCad [complexo de arquiteta] rapidinho.