Encomendas

Eu tenho me animado cada vez mais com o negócio das costurinhas.
Já contei antes como tudo começou.

No ano passado e retrasado eu não consegui dedicar muito tempo para minhas amadas máquinas de costura, primeiro porque estava naquela fase complicada de TFG na faculdade, depois, arquiteta, eu dediquei todo o meu tempo livre aos preparativos pro meu casamento que foi no finalzinho do ano passado.
Então, esse ano, mais tranquila, voltei a fazer alguns itens que costumava colocar à venda na minha lojinha virtual no elo7 e também publicar as peças no meu perfil pessoal do facebook além de posta-las na fan page The New Pink.

As notícias foram se espalhando, as vendas, aos poucos, vão aumentando e as encomendas vão surgindo.
Porém, as encomendas nunca se restringem ao meu catálogo de produtos.

Eu amo fazer bonecos, mas essa semana, tive uma encomenda de um boneco diferente, o Finn da animação A hora da aventura.
Não foi assim tão complexo, mas também não ficou tão incrível quanto eu gostaria. Foi só o primeiro, o molde será aperfeiçoado com o tempo.

Essa é grande vantagem de aceitar as encomendas diferentes: as pessoas precisam/querem coisas que nem imaginava que existia, o Finn, eu já havia visto uma série de produtos com o Finn e o Jake, mas eu não sabia quem eram ou que se referiam à uma animação de sucesso, só descobri quando uma amiga perguntou se eu não faria para que ela presenteasse o filho de oito anos.

As encomendas invariavelmente culminam com a ampliação do meu catálogo de produtos, o Finn e tantas outras.

Eu amei fazer essa encomenda! Ficou fofo!

20140708-073054-27054271.jpg

20140708-073055-27055109.jpg

20140708-073056-27056760.jpg

20140708-073057-27057662.jpg

20140708-073058-27058527.jpg

20140708-073058-27058792.jpg

Mega Artesanal 2013

O encerramento do TFG e a vontade de retomar as atividades artesanais vieram junto da MEGA ARTESANAL 2013, uma ótima oportunidade de buscar referências, inspirações, encontrar fornecedores e conhecer o trabalho de inúmeros outros artesãos.

Como nós precisamos nos dedicar aos nossos empregos durante a semana, só nos restou um dia pra conhecer a MEGA, que infelizmente só aconteceu entre os dias 2 e 7 de julho, nós já tínhamos um passeio para Monte Sião (MG) marcado para o domingo, dia 07, então fomos para o Centro de Exposições Imigrantes no sábado, 06.

Incrível o movimento gerado pelo artesanato. Muito cheio, muita coisa, muito cansativo, mas muito legal.

Eu adquiri vários tecidinhos lindos, mdf e alguns projetos de costura que espero poder mostrar o produto disso tudo o mais rápido possível. Essa questão do tempo depende, primeiramente, da conclusão do nosso ateliê.

Mas, de qualquer forma, algumas fotinhos do que eu vimos por lá.

tildas balões tildas1 costurinhas costurinhas1 DSC09313 DSC09309 DSC09289 DSC09277 DSC09269DSC09233 DSC09234 DSC09228 corujas

Customizando

Antes de mais nada, gostaria de pedir muitas desculpas pelo sumiço.

Eu, mais ou menos, entrei de férias da facul, mais ou menos porque estou pendurada em uma disciplina e preciso resolver isso. Ao mesmo tempo continuo no estágio na Secretaria de Cultura e fazendo um freela num escritório de arquitetura e restauro. Pra completar tem as encomendas da lojinha. O que não é justificativa pra desaparecer do blog, não é mesmo!?

Feitas as justificativas, queria sugerir uma customização pra todo mundo que gosta de, literalmente, cortar e costurar.

Eu vi esse post um dia desses e não vejo a hora de transformar uma camisa social em uma saia, o problema tem sido mesmo a falta de tempo e, a espera de um bazar beneficente que eu vou com mummys e Nats, onde TUDO CUSTA R$1, é muito incrível e é o lugar ideal pra comprar peças das mais variadas pra gente testar várias idéias de customização, acho que tem um marcado pra Setembro, se alguém que acompanha o blog é dos arredores de Suzano, depois pode mandar um email que eu explico direitinho onde fica.

Quem quer tentar? Vê se seu pai ou seu namorado não tem uma camisa largada lá no fundo do armário e aproveite a idéia do blog I still love you.

Se alguém aí fizer, manda fotinhos ou link pra eu ver, por favor!?

Tutorial da saia longa liberty

A Viviana me pediu, já faz um tempinho, pra postar o molde/tutorial da saia longa liberty que aparece nesse look aqui e nesse aqui.

Confesso que fiz como eu imaginava que daria certo. Até procurei na net moldes de saia evasê, mas achei complexo demais para o que eu queria.

Então fiz da seguinte forma: comprei 1,20m de tricoline para o comprimento da saia [eu sou pequena, então 1,20 dá muito bem para o comprimento e ainda fazer cós e barra] e o 1,40m, da altura do tecido, pra servir a largura da saia.

Como não pretendia colocar zíper, somente elástico, tive que me certificar de que a largura máxima do cós da saia passaria pelo meu quadril [sim, já fiz uma saia que tenho que vestir que nem blusinha porque não tive essa preocupação].

Comecei dobrando o tecido ao meio na maior medida [no meu caso, 1,40m]; a partir do centro, na parte superior, marquei 1/4 da medida do meu quadril [1/4 Q] pra cada lado. A partir dessa marca abri o traço na diagonal, o máximo possível em direção à extremidade inferior do tecido, porém, ao invés de descer apenas uma linha na diagonal, você poderia abrir mais rápido até a extremidade do retângulo e então, a partir daí descer uma linha reta, atentando para que a transição entre a diagonal e a vertical fique o mais sutil possível.

Sugiro que você faça todos os traços apenas em um dos lados do retângulo dobrando ao meio [0,35 m x 1,20 m, no meu caso] e cortando os dois/quatro lados de uma única vez, pra não correr o risco do lado direito ficar diferente do esquerdo, a frente diferente das costas. Digo isso porque não fiz um molde antes, eu já risquei direto no tecido.

Costurei tudo pelo avesso, primeiro a parte da frente na de trás, passando uma costura em zig-zag pra facilitar o acabamento. Depois preparei o cós para passar o elástico e, por último, fiz a barra.

Sem segredos, certo!? Só espero que tenha conseguido explicar direito.

Se você for maior que eu [é muito provável que você seja maior que eu], você pode usar a altura do tecido [1,40 m] para o comprimento da saia e comprar, em metros, o quanto julgar necessário para deixar a saia com uma abertura maior, pois da forma que eu fiz, a minha passada fica limitada a 70 cm.

tutorialSinto muito pela [não] qualidade do desenho, mas fiz no AutoCad [complexo de arquiteta] rapidinho.

As vantagens de fazer suas próprias costurinhas

Ganhei minha máquina de costura no Natal. Antes disso nunca tinha costurado nadinha, comecei assistindo ao dvd que veio com a máquina pra aprender a encher a bobina e passar a linha, porque nem isso eu sabia.

Depois só treino. Primeiro saias e vestidos retos, depois pesquisei moldes de saia godê, comecei a usar minhas próprias roupas como molde, aprendi a fazer cavalo de calças e shorts, treinei mais e então resolvi dar início a esse empreendimento das Necessaires by The New Pink e EcoBags by The New Pink.

É muito divertido poder costurar suas próprias roupas. Paciência, definitivamente, não é uma das minhas qualidades, então prefiro projetos mais objetivos que, com um pouco de estudo, eu já consiga finalizar. Tenho o hábito de costurar de manhã porque já quero vestir de tarde ou de noite.

O fato de começar a costurar me ajudou e muito a controlar os gastos. Não compro mais compulsivamente como antes. Quando vou a lojas tipo Renner e C&A, eu observo bem as peças, como seriam feitos os cortes, como eu mesma poderia costurar, percebo que o investimento seria muito menor seu eu comprasse o tecido e costurasse, sem contar que cada vez mais gosto de costurar, já se é uma peça mais complexa, mais elaborada, aí sim invisto.

O engraçado é que não só com roupas, mas fiquei bem mais contida pra gastar mesmo com sapatos e bolsas. Esse tem sido o maior benefício do meu presente de Natal pra minha vida.

Agora comecei esse empreendimento mais pra sustentar minha máquina de costura do que qualquer outra coisa. Não posso dizer que gastei muito com ela até agora, mas é preciso comprar acessórios e equipamentos, além da manuteção, que a pobrezinha já está precisando, minha máquina de costura é pra uso doméstico e eu uso mesmo. Trabalho com ela somente nos finais de semana, por isso mesmo quero fazer o máximo de coisas possível.

Não poderia ter ganho um presente melhor, sempre quis costurar, mas nunca me atrevi a usar a máquina da minha vó, comecei a economizar [gastar muito menos] porque posso agora produzir minhas próprias roupas, fiquei muito mais seletiva pra gastar nas fast fashion, consigo recuperar ao menos parte do meu investimento com encomendas e, por fim, tenho um novo empreendimento.

How to

Giannyl é a How to girl da costura. Encontrei o site dela ontem e amei. Pode ajudar bastante quem está em fase de testes na costura e também dar idéias pra quem já entende um pouco do assunto.

Ela posta vídeos com o passo-a-passo das peças que cria.

Não vejo a hora de chegar sábado pra eu poder costurar de novo! Agora que já tive até encomenda de verdade, estou muito ansiosa!