Festa Junina 2014

Nós começamos com uma fogueirinha nos fundos da casa de um dos meus tios e algumas comidas típicas em 2004 ou 2005, não conseguimos chegar em um consenso.
Com o tempo convidamos mais membros da família e cada um costuma levar um prato doce ou salgado, dependendo de como organizamos, e uma bebida.
Alugamos mesinhas e cadeiras pra todo mundo ficar confortável, além dos grandes bancos de madeira que existem lá no quintal, que meu tio mesmo faz.
Providenciamos algumas prendas para um bingo, eu mesma costurei 2 ecobags de chita e um porta bijuterias xadrez, outras pessoas também levam prendas!
Esse ano eu organizei um correio elegante que foi sucesso total e para o ano que vem estou pensando em incluir a barraca do beijo. 💋
Meu tio providencia a lenha e acende a fogueira!
Eu quis ficar responsável pela decoração e minha mãe também participou com uns arranjos para decorar as mesas, mas o que ela gosta mesmo é da parte de cozinhar e acaba se encarregando de muitas coisas, arroz doce, doce de abóbora, canjica, bolo de canela, foram algumas delas.
Não estava tão frio quanto no ano passado, mas teve bastante caldos quentes, salsicha com molho, carne louca, tortas, entre outras coisas.
Pra completar o clima, músicas caipiras! Só faltou mesmo uma quadrilha, mas vamos melhorando a cada ano… Quem sabe no ano que vem!?

Todos curtiram muito! Eu amei tudo, especialmente o fato de todo mundo brincar e se divertir!

 20140707-181402-65642223.jpg

20140707-181405-65645440.jpg

20140707-181404-65644684.jpg

20140707-181408-65648891.jpg

20140707-181409-65649738.jpg

20140707-181411-65651579.jpg

20140707-181403-65643846.jpg

20140707-181410-65650600.jpg

20140707-181407-65647175.jpg

20140707-181412-65652340.jpg

20140707-181413-65653054.jpg

20140707-181408-65648036.jpg

20140707-181413-65653884.jpg

Anúncios

Casamento artesanal: a mesa do bolo

Na mesa do bolo, muitos itens tiveram nossa autoria. As rendas nos vidros, as caixas forradas de tecido sob a mesa, eu e minha mãe demos conta disso, além de uma prima que me deu um help com a forração das caixas.

Dos comestíveis, além dos docinhos do buffet, os cupcakes de chocolate foram feitos e confeitados pela minha mãe, meu irmão cortou, com um cortador de papel, os corações vermelhos que estão dispostos sobre a cobertura de voltinha do cupcake.

Os brigadeiros gourmet que ficaram deliciosos também foram feitos e enrolados, por mim, minha mãe, minha irmã e mais duas primas minhas.

O topo de bolo foi minha prima Alessandra quem fez e ele está disponível para compra na minha lojinha The New Pink.

As janelas suspensas ao fundo, foi uma solicitação que fiz com a Fernanda (sócia da Alecrim) em nossa primeira Reunião…amei…

Na verdade, sendo sincera, não mudaria nada desse dia incrível, que começou às 7h quando acordamos para começarmos a nos arrumar (nossa cabeleireira e nossa maquiadora da Espaço House foram arrumar a mim, minha mãe e minha irmã lá na suíte da noiva no sítio) e terminou às 24h quando chegamos ao hotel onde passamos a noite antes de embarcar para a lua de mel.

A empresa de decoração contratada, que organizou lindamente todos os nossos produtos foi a Alecrim, a assessoria foi da Karol e as fotos da Káki, todas indicadíssimas. O casamento foi no La Capella Eventos em Poá – SP.

mesa do bolo

Denis e Carol

mesa do bolo

topo de bolo topo de bolo
15 de dezembro

brigadeiro gourmet

renda

brigadeiro gourmet
brigadeiros gourmet

Casamento feito à mão

No meu casamento, foram muitos os itens decorativos e até comestíveis produzidos por mim, minha mãe e algumas primas minhas…. nessa família somos todas apaixonadas por artesanato.

Um dos primeiros itens que decidi a respeito da decoração foram os centros de mesa de crochê, que já postei aqui. Minha mãe logo se mobilizou e começou a fazer crochê incessantemente… é certo que na véspera do casamento ela concluiu a última toalhinha…

Fizemos um acordo com a empresa de decoração Alecrim que nos concedeu um bom desconto no valor total do pacote em troca de ficar com as 40 toalhinhas que minha mãe amorosamente crochetou.

Olha que amor! Dentre as 40 toalhinhas de crochê, existiam, provavelmente, uns 30 modelos diferentes, a mummys ia criando modelos distintos ao invés de copiar o mesmo modelo um porção de vezes.

Imagem

Para as mesas dos convidados, além dos centros de crochê, nós colecionamos garrafas e vidros diversos, todo mundo ajudou, o único requisito era que fossem incolores. Nós decoramos todos com rendas e fitas de cetim ou corda de sisal. 

Imagem

Nas garrafas dos arranjos da mesa, haviam flores e também lindos passarinhos de feltro que minha prima Alessandra fez pra mim.

Imagem

Imagem

Todos os tecidinhos usados em diversos itens artesanais da decoração foram escolhidos com todo cuidado e carinho por mim.

As fotos são da Káki.

Damas de honra

Esse fim de semana [mais precisamente no dia 14 de maio] minha amiga Mariana se casou com o Thiago e eu e outras quatro amigas [Mill, Fê, Lu e Ana] fomos suas suas damas de honra. Foi tudo lindo, emocionante e divertido.

Confesso que fiquei em pânico pra entrar na igreja, porque eu fui a primeira das meninas a entrar. A cerimônia foi linda, a noiva estava linda [tudo lindo], tanto ela quanto o noivo se emocionaram bastante, assim como a maioria dos convidados e nós que estávamos na primeira fila então…

A festa foi num salão super aconchegante, quentinho [estava fazendo muuuuuuito frio lá fora] e muito bem decorado, com banda, retrospectiva e uma declaração de amor.

Casamento Má e Thi (29)

Casamento Má e Thi (25)

 Casamento Má e Thi (31)

Casamento Má e Thi (32)

Casamento Má e Thi (4)

Casamento Má e Thi (8)

Casamento Má e Thi (33)

Casamento Má e Thi (15)

Casamento Má e Thi (18)

Casamento Má e Thi

 

Um ano depois

Eu não havia me dado conta, mas essa semana, o The New Pink completou um ano.

Tudo começou com mais uma das minhas idéias de novos empreendimentos. Ia começar a trabalhar com um outro tipo de artesanato, sabonetes, minha mãe estava viajando e eu ia pedir a ela um empréstimo pro investimento inicial. Porém, na mesma semana, eu que fiz uma entrevista de emprego e começaria a trabalhar logo. Resolvi adiar os planos do novo empreendimento por uns tempos.

De qualquer forma, o The New Pink já existia na minha cabeça e no blog comecei a postar meus interesses,  os looks que adoro montar e compartilhar, minhas manias, minhas melissas, minhas aventuras como artesã, costureira, decoradora, arquiteta, cozinheira, consumista, stylist, enfim, tudo mesmo o que me distrai e me diverti.

Nos últimos meses aumentou bastante a visitação no site, o que me deixou muito feliz! E esse ano parece ser ainda mais promissor!

Vestido Branco

Para passar a noite de reveillon, escolhi, nada menos que um vestido branquinho com uma estampa meio navy. Se tivesse passado na praia, achoq ue teria ficado ainda melhor. Pra completar, quando começou a bater um ventinho frio, um casaquinho azul.

Vestido Pakalolo comprado no Privalia

Casaqueto  e cinto da Marisa

Sapato não tem sei a marca, comprei na Besni

Achei que o vestido com o casaquinho ficou muito bom pra usar no dia a dia, pra trabalhar mesmo, mas assim que eu estiver com mais prática na máquina de costura, vou diminuir um pouquinho o comprimento do vestido.